Professora é demitida após dizer que menina estuprada pelo tio 'deve ter sido bem paga'

Mari... 20/08/2020 14:09 Relatar

São Paulo - Uma  professora da educação básica da rede estadual foi demitida pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo após publicar em uma rede social mensagens dizendo que a  "tinha vida sexual há quatro anos" e que o caso não se trata de "violência". A exoneração do cargo aconteceu nesta quarta-feira.

Galeria de Fotos

 

Tio que estuprou menina de 10 anos é preso em Minas GeraisREPRODUÇÃO / TV GLOBO

Cisam, maternidade na qual menina passou por processo para interromper gravidezGOOGLE STREET VIEW

No hospital, extremistas chamaram vítima de estupro de 'assassina'REPRODUÇÃO DE VÍDEO

Sara Winter vazou dados da criança nas redesREPRODUÇÃO DO INSTAGRAM.

"Ela já tinha vida sexual há quatro anos com esse homem. Deve ter sido bem paga", disse Eliana Nuci de Oliveira. Em um segundo comentário, ela chegou a dizer que "criança se defende chorando para a mãe. Esta menina nunca chorou porquê?".

criança, que foi violada dos 6 aos 10 anos de idade e engravidou, tem o pai preso e a mãe morta. A  menina vivia sob os cuidados da avó e do avô, que vivem da venda de coco como ambulantes, em uma praia do  Espírito Santo.

"(Ela foi) demitida imediatamente para não estar próxima de nossas crianças e jovens", disse o secretário da pasta, Rossielli Soares da Silva, para a coluna de Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo.

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 yeereader.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.