O menino ficou perdido por dois dias, mas um cachorro o salvou cuidando dele

Beatriz 14/09/2020 Relatar Quero comentar

Um menino mexicano de 14 anos ficou perdido por dois dias depois de ser separado de sua família no acampamento de verão.

Durante o desaparecimento de Juan Heriberto Treviño no meio das montanhas no nordeste do México, ele tinha um Labrador (Max) como companheiro e foi separado do menino até que ele foi resgatado, na terça-feira.

“Caí num rio que não tinha água, e caminhei para procurar o vale”, explica o jovem ao El País. Juan perdeu-se numa zona rural do Estado de Nuevo León, num acampamento organizado por uma paróquia da região. Tinha deixado o seu grupo de amigos para ir buscar madeira para a construção de uma tenda.

“Desde que caí que o cão foi comigo. Eu ia andando e vi que ele vinha atrás de mim, e perdemo-nos juntos”, contou o jovem ao Milenio.

De acordo com o subdiretor da Proteção Civil daquela região, “nesta parte da serra é muito fácil perder-se”, e Juan “teve sorte em encontrar o cão”.

O labrador Max seguia Juan desde o lugar o acampamento. Durante a noite, o jovem sabia que se iria perder mais se continuasse a andar, e, por isso, abraçou-se ao cão para aguentar o frio. No segundo dia, terá mesmo sido o cão a guiar Juan até um lugar com água, para o jovem matar a sede.

A Proteção Civil explicou que Juan estava “algo desnutrido e muito cansado, mas estável”, quando foi encontrado na terça-feira.

O jovem foi encontrado por Leoncio Rodriguez e Jesús Espinoza, dois habitantes locais, que pegaram nos seus cavalos e se juntaram à busca. Quando o encontraram, ofereceram-lhe umas batatas fritas e refrescos, e levaram o rapaz até a um rancho perto dali onde um helicóptero o esperava.

Gostou dessa matéria? Compartilhe para seus amigos e familiares! Obrigada!

Comentário do usuário
Você pode gostar