BANHO DE ASSENTO: COMO FAZER E PARA QUE SERVE

Yasmim 14/04/2020 Relatar Quero comentar

Existe uma receita caseira ou “receita da vovó” para quase todos os problemas e doenças. Algumas ficam mais na superstição do que na efetividade, mas outras, de fato, funcionam, e o banho de assento é uma delas! Esse método é utilizado para tratar principalmente doenças que afetam a região íntima, mais comumente a feminina, e pode ser feito usando diferentes ingredientes.

Para que serve o banho de assento

O banho de assento é quase milagroso para sua vagina: combate infecções, herpes, hemorróidas, controla o corrimento e alivia sintomas como a coceira e irritação vaginal. Todo esse poder consiste na lavagem externa da vagina com água morna e algumas substâncias que equilibram o pH da região íntima e evitam a proliferação de bactérias e fungos que afetam a área.

Como preparar um banho de assento

Você vai precisar de um recipiente grande o suficiente para que você consiga deixar as nádegas e ancas (seu baixo abdômen) fiquem completamente imersos na água. Sua parte superior do corpo, pernas e pés ficam para fora. Não esqueça de se certificar que o recipiente esteja bem limpo, ein?

A temperatura deve ser de morna a quente, numa temperatura agradável à sua região íntima. O indicado é ficar de 3 a 5 minutos no banho de assento, ou até quando você sentir que a água começa a esfriar. Repita o banho duas vezes por dia, durante três dias.

Além de preencher o recipiente com água também são diluídos compostos específicos para cada tipo de problema a ser tratado (pesquise, pesquise e pesquise). Segundo especialista Élvio Floresti para o portal Vix, o ideal é que a cada litro de água filtrada ou fervida, sejam diluídas duas ou três colheres de sopa do composto escolhido.

Mas é sempre importante lembrar que o banho de assento é um método paliativo: não substitui tratamentos indicados pelo ginecologista, servindo mais como um complemento.

Tipos de banho de assento

Banho de assento para candidíase:

Barbatimão

Segundo especialistas, esse banho de assento ajuda a reduzir os sintomas de candidíase e verrugas vulvares provocadas pelo HPV. Nesse caso, é indicado fazer um chá com as cascas e/ou folhas do barbatimão. Você pode usar, aproximadamente, duas colheres de sopa para cada litro.

Óleo de Melaleuca

Para aliviar a ardência na vagina também é utilizado o óleo essencial de  que possui propriedades antifúngicas. Para fazer é só colocar 1 litro de água morna e 5 gotas de óleo essencial de malaleuca numa bacia.

Bicabornato de sódio

Por ter pH alcalino, o bicabornato de sódio reduz a acidez da vagina e a deixa imprópria para o fungo Candida Albicans, causador da candidíase. Uma colher de sopa para um litro de água filtrada é o ideal.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário