Avó de Nathalia Dill morre e atriz dá ultimo adeus comovente ao disparar: “Ela foi descansar”

Matérias Oficiais(+10% Clicks) Yasmim 07/03/2020 Relatar Quero comentar

Nathália Dill é uma atriz que acabou encantando o público devido ao seu enorme carisma e talento em suas atuações, estando sempre ativa em suas redes sociais, o seu contato com os fãs é sempre bastante transparente. A artista posta fotos do seu dia a dia e seus seguidores estão sempre acompanhando os passos de Nathália.

Na tarde desta terça-feira, 3 de março, a atriz trouxe a triste notícia para seus fãs, a sua avó infelizmente faleceu, ““, escreveu a atriz.

Na publicação onde Nathália divulgou a triste morte de sua avó, ela também compartilhou um vídeo onde ela aparece tocando violão e cantando ao lado de sua avó, junto também de uma foto aonde as duas aparecem juntas usando turbantes. Os fãs da atriz se solidarizaram com a moça, e postaram diversas mensagens de apoio.

Confira no vídeo abaixo a homenagem feita por Nathalia Dill a sua avó:

““, disse uma. ““, comentou outro fã, entre outras diversas mensagens de seus amigos e colegas famosos que tiraram um tempinho para confortar a atriz nesse momento difícil para a mesma. Nathália Dill não divulgou a causa da morte de sua avó.

Morre o cineasta brasileiro José Mojica, o “Zé do Caixão”

Recentemente tivemos também a morte de uma lenda da tv brasileira, Aos 83 anos de idade, morreu nesta quarta-feira dia 19 de fevereiro, o cineasta José Mojica Marins, mais conhecido como o Zé do Caixão. Ele estava internado no hospital Sancta Maggiore por estar passando por uma broncopneumonia, quem confirmou usa morte foi sua filha Liz Marins.

O seu apelido de ‘Zé do Caixão’, veio devido ao seu personagem mais famoso, que saiu direto de um pesadelo de José Mojica. O personagem se baseava em um agente funerário que botava o terror em uma cidade do interior, tinha o desejo de ser pai de uma criança perfeita e para isso devia se casar com a mulher perfeita, e estava disposto a matar qualquer um pra isso.

Zé do Caixão deu as caras pela primeira vez em 1964, no filme “Á meia-Noite Levarei Sua Alma”. O filme foi um sucesso de bilheteria arrecadando o suficiente para pagar suas contas e ainda lançar uma sequência. Já em 1968, José Mojica dirigiu o filme “O Estranho Mundo de Zé do Caixão”, que mescla a história de outros três contos durante a história.

Um dos contos é de um fabricante de bonecas onde suas criações são de forma assustadoras humanas demais, outro conto sobre um homem necrófilo, e o último é a história de um pesquisador que quer provar que o amor está morto.

Sendo esse filme em questão, mesmo levando o nome no título como “O Estranho Mundo de Zé do Caixão”, o icônico personagem não aparece em nenhum dos contos. 

Relembre no final dessa matéria um vídeo sobre quem foi Zé do Caixão:

Comentário do usuário
Você pode gostar