Bolsonaro fala sobre quem defende a prorrogação do auxilio emergencial: "O dinheiro não é do povo". Veja:

Melhores Notícias 24 hrs 14/08/2020 21:36 Relatar

O presidente Jair Messias Bolsonaro criticou quem defende o auxilio emergencial, alegando que quem o faz está sendo demagogo, ele disse "O auxílio emergencial custa R$ 50 bilhões por mês, e tem gente que demagogicamente acha que ele tem que ser prorrogado indefinidamente".

Muitas pessoas defendem em suas redes sociais que o auxilio emergencial deve continuar até dezembro, com o mesmo valor de 600 reais.

O auxilio atualmente tem 5 parcelas, para ajudar as familias a enfrentarem a pandemia do corona vírus.

 

Mas o que parece é que o presidente não gosta muita dessa ideia de ajudar a população, inicialmente ele queria pagar somente 200 reais por mês, mas pela pressão da câmara dos deputados ele aceitou os 600 reais.

No entanto ultimamente o presidente parece impaciente quanto o assunto, ele também disse que o dinheiro não é do povo, 

Em um tom irônico ele disse: “Alguns falam que é dinheiro do povo. Não, é endividamento. Por quanto tempo se aguenta isso? Se eu pudesse dava R$ 10 mil por mês para todo mundo e ficava todo mundo em casa”

.Muitos estão decepcionados com a postura do presidente, ele parece não se importar com as familias que necessitam do auxilio emergencial para sobreviver.

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar

©2020 yeereader.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.