Cão correndo atrás do rabo? Saiba o que esse comportamento pode significar

Pareja-Artigo e vídeo. 24/08/2020 Relatar Quero comentar

Existem vários motivos que levam o animal a correr atrás do rabo, variando entre problemas de saúde e comportamento
Você provavelmente já flagrou seu cão correndo atrás do rabo, certo? É uma atitude bem engraçada e comum entre os exemplares da espécie, mas você já parou para pensar no porquê eles fazem isso? É preciso prestar atenção quando isso acontece e descobrir as razões por trás da ação, pois os cães não fazem nada sem um motivo específico. 

Segundo os veterinários e pesquisadores do assunto, existem diversos fatores que podem levar a essa atitude, que varia entre problemas de saúde e comportamento. É importante conhecer as possíveis causas e como proceder diante de cada situação. Sabendo lidar corretamente com o caso, dificilmente verá seu cão correndo atrás do rabo novamente. 

Genética e idade

Alguns cães tem predisposição genética a comportamentos compulsivos, e perseguir o rabo é um deles. Quanto a isso, não tem solução uma solução específica já que o animal nasceu com isso. A melhor opção é consultar um veterinário.

Segundo os veterinários e pesquisadores do assunto, existem diversos fatores que levam o cão a correr atrás do rabo, que varia entre problemas de saúde e comportamento

A idade é outro fator que influencia bastante. Os filhotes, por exemplo, gostam de perseguir o rabo como forma de brincadeira. Já entre os idosos esses comportamento normalmente está relacionado a algum problema psicológico, como demência ou senilidade. 

Falta de exercícios físicos e brincadeiras

Pets que não praticam exercícios físicos e brincadeiras tem tendência a ficarem entediados e com a energia acumulada. Uma das soluções que encontram para passar o tempo é correr atrás do rabo. Resolver esse problema é bem simples: leve seu cão para passear e brinque com ele por mais tempo. 

Ansiedade

Correr atrás do rabo por causa de ansiedade normalmente se origina graças a um machucado ou irritação. No início, o animal persegue a cauda para acabar com o incômodo gerado pelo problema no corpo. Depois que se cura o comportamento não vai embora, pois está associado a uma sensação boa. O tratamento é bem mais difícil quando essa é a causa do problema. Passeios e brinquedos interativo com petiscos costumam ajudar. 

Machucados ou incômodos

Quando o animal está com algum machucado ou incômodo na região do ânus ou rabo, é normal que comece a persegui-lo na tentativa de se coçar. Nesse caso, é provável que o comportamento desapareça quando a enfermidade for curada.

Presa

Raças que tem o instinto de caça muito forte podem acabar desenvolvendo esse comportamento. Eles acreditam que o rabo é um tipo de presa, então correm atrás dele. Consulte o veterinário para saber como lidar com o comportamento.

Comentário do usuário