Cachorro Pitbull "proibida para adoção" recebeu ajuda de amante de cães: "só precisava de amor, sem amor não se consegue nada"

Beatriz 07/09/2020 Relatar Quero comentar

Os animais são no que faz deles, conheço pessoas têm pit bull São ums queridos, amorosos, e brincalhão..

Sem amor não se consegue nada, deixa ele se associar, saber abraçar, dá um lambeijos, ficará feliz, vai se sentir amado, concorda? 

Angel é uma pit bull que tinha o hábito de rosnar e mostrar os dentes quando as pessoas se aproximavam dele, e devido a esse comportamento ela era rotulada de agressiva, assim os voluntários preferiam manter uma certa distância segura da cachorra e nenhum tinha coragem de tirá-la do canil.

Na cidade de Sioux City é estritamente proibido a adoção de Pit Bull, quando eram recolhidos na cidade eles eram colocados na parte de trás dos abrigos, exatamente pela proibição de adoção desses animais.

Até que uma voluntária percebeu o sofrimento da cachorra, partindo seu coração só de pensar que provavelmente ela seria sacrificada dentro de alguns dias, então precisaria fazer algo a respeito com urgência, resolveu chamar uma amiga especialista em comportamento de cães que decidiu conhecer Angel.

Num primeiro momento levaram Angel para fora e colocaram no quintal, no mesmo instante a cachorra rolou no chão, mostrando sua adorável barriga, ela não parecia nem um pouco agressiva, o que levou a conclusão de que as pessoas poderiam estar apenas fazendo suposições sobre sua agressividade, na verdade ela estava apenas assustada.

Ao receber esse parecer da sua amiga especialista, a voluntária ficou bastante animada e quis salvar Angel, porém havia a proibição na cidade que tornaria isso impossível, e muito menos poderia adotar a cachorrinha, para piorar a situação, todos os abrigos estavam com a capacidade lotada com muitos cães pit bulls.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar