Porque Não Punir Seu Cachorro

Yasmim 25/08/2020 Relatar Quero comentar

As vezes a gente acha que a única maneira deles aprenderem é punindo, mas essa não é a única alternativa!

Você já puniu seu cachorro? Você pode até achar estranha essa pergunta, mas a punição nem sempre está relacionada apenas à violência física, ela pode ser muito mais abrangente do que isso.

Saiba porque não punir seu peludinho:

Então, o que é punição?

A punição é uma consequência que ocorre logo após um comportamento e que resulta na diminuição deste, ou seja, ela se destina a eliminar comportamentos indesejados. Ela faz parte do chamado controle aversivo do comportamento, que seria buscar modificar um comportamento através de consequências aversivas: uma pessoa (sim, é dessa forma conosco também) ou um cão se comporta para que algo não aconteça.

Os cães aprendem por associação, ou seja, são as consequências dos comportamentos que definirão se eles serão repetidos ou não. Podemos então afirmar que as consequências do comportamento o controlam. Quando uma consequência aumenta a frequência de um comportamento, ela agiu como um reforço e se essa consequência diminui um comportamento, então ela agiu como uma punição.

De acordo com Moreira & Medeiros (2007) há dois tipos de punição: as positivas e as negativas, mas isso não quer dizer que algumas são boas e outras ruins e sim se elas foram acrescentadas ou retiradas do ambiente. A punição negativa ocorre quando um estímulo reforçador é retirado do ambiente (por ex: você chega em casa e seu cão pula em você para ter atenção, você o ignora, a retirada da atenção é uma punição negativa). E a punição positiva ocorre quando um aversivo é acrescentado ao ambiente e neste artigo iremos tratar deste tipo de punição.

O que são aversivos?

Aversivo é tudo o que o cão não gosta e que faça ele se sentir desconfortável como, por exemplo, broncas, gritos, fazê-lo sentir medo, sustos (latas de moeda, spray de água), dar um tranco na guia, cutucar, empurrar, usar enforcador ou guia unificada.

Exemplo de uso de aversivo, muitos adestradores recomendam espirrar agua no cachorro para assustá-lo e deixar de fazer o comportamento indesejado, mas isso pode causar traumas como medo de spray de qualquer tipo, como banho a seco ou remédios.

Qual o problema com a punição positiva?

Embora pareça ser mais fácil e possa gerar efeitos imediatos, a punição positiva (na qual se acrescenta aversivos ao ambiente) não serve para ensinar um comportamento, serve apenas para tentar resolver problemas, mas o que acontece na verdade é que esses problemas não são resolvidos e a punição pode até mesmo gerar outros problemas, como:

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário