"Foi um golpe duro", diz Ronaldinho do hotel em que está preso no Paraguai

Filomena 28/04/2020 23:35 Relatar

Ronaldinho e seu irmão Assis cumprem prisão domiciliar em um quarto de hotel de luxo em Assunção, no Paraguai, depois de passar um mês na prisão, enquanto aguardam julgamento por acusações de uso de passaportes falsos para entrar no país

"Foi um golpe muito duro. Nunca imaginei que fosse passar por uma situação assim", disse Ronaldinho Gaúcho no hotel em que está detido em Assunção, enquanto aguarda a decisão do juiz sobre um pedido de liberdade condicional devido ao escândalo de passaportes adulterados.

"Fiquei totalmente surpreso ao saber que os documentos não eram legais", disse o ex-jogador do Barcelona e do Paris Saint-Germain ao jornal Abc de Assunção, em sua primeira entrevista a um meio de comunicação desde a prisão em 6 de março. publicada no domingo.

Ronaldinho e seu irmão Roberto de Assis Moreira são acusados de usar documentos paraguaios autênticos com conteúdo falso que a justiça local penaliza com até cinco anos de prisão ou multa.

Ambos exibiram passaportes paraguaios ao entrar no Aeroporto Internacional de Assunção no dia 4 de março, documentos que foram fornecidos pelos promotores de sua visita ao Paraguai.

Ronaldinho pagou 1,6 milhão de dólares como garantia para o juiz ordenar a prisão domiciliar dele e de seu irmão, neste caso em um hotel no centro da capital paraguaia, onde está hospedado desde 6 de abril e onde paga 700 dólares a diária para os dois.

- Liberdade o mais breve possível -

O ex-ídolo do futebol disse que espera recuperar sua liberdade "o mais breve possível", com base em tudo o que contribuímos para o caso", depois de reafirmar que sua intenção era sempre colaborar com a investigação judicial.

O inquérito já levou a 16 detidos, a maioria policiais e oficiais, além de três brasileiros, incluindo um empresário e os irmãos Assis Moreira, e levou à demissão do diretor de Migrações.

Ronaldinho explicou que havia chegado a Assunção no dia 4 de março para cumprir um contrato gerenciado por seu irmão Roberto, que atua como representante.

"Nesse caso, viemos para participar do lançamento de um cassino online e do livro autobiográfico 'Um craque da vida' com a empresa que detém os direitos de exploração no Paraguai", disse o Bola de Ouro de 2005.

Parte do conteúdo do artigo é proveniente da Internet. Se seus direitos de privacidade forem violados, o site será processado o mais rápido possível. Relatar
Artigos recomendados

©2020 yeereader.com. All Rights Reserved. Sobre nós Política e segurança Termos Privacidade Direitos autorais

Isenção de responsabilidade:Este site opera enviando artigos em tempo real e não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa apenas as opiniões pessoais do autor e não é a posição deste Site. Os usuários devem julgar a autenticidade do conteúdo. O autor possui os direitos autorais do artigo publicado neste site. Como este site é restrito pelo modo de operação "publicação em tempo real", não podemos monitorar completamente todos os artigos. Se os leitores encontrarem problemas, entre em contato conosco. Este site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e recusar qualquer pessoa a publicar artigos neste site e também o direito de não excluir o artigo.Não escreva palavrões, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais, seja disciplinado. Este site reserva todos os direitos legais.
TOP
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.