Chernobyl: incêndio se aproxima de reator da usina nuclear abandonada

Filomena 15/04/2020 Relatar Quero comentar

Incêndios florestais que ocorrem há vários dias no norte da Ucrânia estão agora a poucos quilômetros da usina nuclear abandonada de Chernobyl, dizem fontes.

O operador de turismo Yaroslav Emelianenko afirmou que as chamas atingiram a cidade abandonada de Pripyat, que costumava servir à usina.

O fogo, segundo ele, está a cerca de 2 quilômetros do local onde estão armazenados os resíduos mais perigosos da usina.

 

O Greenpeace disse que o fogo era muito maior do que apontavam as autoridades.

Um representante do braço russo da ONG, em entrevista à agência Reuters, disse que o maior incêndio atingia uma área de 34 mil hectares, enquanto um segundo, a apenas um quilômetro da antiga usina, cobria uma área de 12 mil hectares.

A usina nuclear de Chernobyl e a cidade de Pripyat estão abandonadas desde 1986, quando o reator número 4 da usina explodiu.

Emelianenko também disse que se o fogo atingir Pripyat seria um desastre econômico, já que as visitas guiadas são fonte de receita considerável para a região.

Em 2018, mais de 70 mil pessoas visitaram a cidade. No ano passado esses números foram ainda maiores, graças ao sucesso da série da HBO sobre o desastre.

Corta-fogos ao redor da usina

A polícia afirmou que o incêndio começou no dia 4 de abril, depois que um homem colocou fogo na grama seca perto da zona de exclusão. Desde então, as chamas têm se aproximado cada vez da antiga usina.

Mais de 300 bombeiros com dezenas de equipamentos especiais estão trabalhando para combater o fogo no local, enquanto seis helicópteros e aviões estão tentando apagar o incêndio do alto.

Kateryna Pavlova, presidente da agência que gerencia a zona de exclusão da usina, disse à Associated Press que "não é possível afirmar que o fogo esteja controlado".

"Trabalhamos a noite inteira, cavando corta-fogos ao redor da usina para protegê-la do fogo", ela disse.

No dia 5 de abril, Yegor Firsov, diretor do serviço estatal de inspeção ecológica da Ucrânia, disse em um post no Facebook que os níveis de radiação na área aumentaram acima do normal.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário