Nova lei permite visita de animais de estimação em hospitais públicos

Beatriz 14/09/2020 Relatar Quero comentar

Os benefícios para a saúde de se ter um animal de estimação são enormes. Eles ajudam a combater a solidão, a tristeza e o estresse.

E não é só. Um estudo publicado em 2017, por pesquisadores da Universidade de Uppsala, na Suécia, revelou que para as pessoas que vivem sozinhas, a presença de cães diminui em 33% as chances de morte e em 36% o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. A possibilidade destes indivíduos terem um infarte também cai 11%.

Em muitos países, animais também são usados em terapias e no tratamento de recuperação de pacientes moradores de casas de repouso e ainda, em hospitais. E agora, na cidade do São Paulo, isto também será possível.

A decisão foi tomada pensando nos pacientes, visto que já foi comprovado que o contato com seus animais de estimação contribui bastante para a recuperação dos pacientes.

Os hospitais municipais de São Paulo se unem agora aos hospitais privados que já recebiam visitas de pets, como é o caso do Hospital Israelita Albert Einstein, que abriu essa possibilidade com o objetivo de favorecer a recuperação dos pacientes em todos os níveis, físico, mental, emocional, social e espiritual.

“Ações como essa reforçam a importância do processo de humanização e, além disso, só tem trazido bons resultados. Ter a oportunidade de fazer escolhas quando você está hospitalizado é essencial para a saúde e bem estar”, afirmou Sidney Klajner, cirurgião e Presidente do Hospital Israelita Albert Einstein.

Clique na segunda página para continuar navegando
Comentário do usuário
Você pode gostar
X
Relatar
Use um endereço de e-mail real. Se não pudermos entrar em contato com você, não poderemos processar seu relatório.